Google+ Badge

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

EVANGELISMO E DISCIPULADO


                                    MISSÃO BATISTA EM VILA UNIÃO
                    Rua Jorge de Freitas, 169 - Vila união/SP - CEP 02911-030
Celebrações: terça-feiras -  Louvor e adoração - às 20h - sexta-feira  estudo expositivo da Palavra -às 20h                

                   .



Quando as pessoas de Judá e Jerusalém foram levadas ao cativeiro, os pobres, juntamente com seus filhos, foram deixados em Jerusalém, e Jeremias foi deixado com eles. Muitas crianças estavam famintas e muitas morreram. Não havia comida suficiente e não havia meio de obter mias comida. Jeremias clamou:"com lágrimas se consumiram os meus olhos...Pois desfalecem os meninos e as crianças de peito pelas ruas da cidade". Lam.2:11-12.

Jeremias implorou para que o povo do Senhor chorasse e orasse; "...corram as tuas lágrimas como um ribeiro, de dia e de noite, não te dês descanso, nem pares de chorar a menina de teus olhos! Levanta-te, clama de noite no princípio das vigílias; derrama, como água, o coração perante o Senhor; levanta a ele as mãos pela vida de teus filhinhos, que desfalecem de fome à entrada de todas as ruas" Lam.2:18-19.

Jeremias acusou o povo de ser curel; "Até os chacais dão o peito, dão de mamar a seus filhos; mas a filha do meu povo tornou-se cruel como os avestruzes no deserto. A língua da criança que mama fica pegada, pela sede, ao céu da boca; os meninos pedem pão, e ninguém há que lhe dê". Lam. 4:3-4.

Esta condição das crianças em Jerusalém é o tipo de condição das crianças no mundo todo hoje.As crianças em Jerusalém estavam famintas por alimento físico; as crianças hoje estã famintas por salvação. ali havia milhares; hoje, há centenas de milhões.

Somente Deus pode suprir essa terrível necessidade hoje, mas ELE pode supri-la se o Seu povo orar assim como Jeremias orou e implorou que o povo do Senhor orasse. Temos o "Pão da Vida" agora, mas quem, quem irá levá-lo para os milhões de crianças que perecem?

É nosso papel, ddo por Deus, ir às crianças onde estão. Que Deus coloque esta responsbilidade sobre o Seu povo, em todo lugar: que todos perguntemos humildemente a ELE o que podemos fazer para evangelizar as crianças.
(Fonte; J.Irvin Overholtzer - APEC)