Google+ Badge

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

QUARTA SEMANA - CONHEÇA A BÍBLIA - O que Torna a bíblia um livro singular?

Olá amigos leitores, aqui estamos com a continuidade de Conheça a Bíblia, está é a quarta semana desta viagem inesquecível.
Aqui você verá as evidências que apontam para a singularidade da Bíblia, isoladamente, cada evidencia já é bastante forte, porem, quando acumuladas, produzem uma corrente tão maciça que não pode ser rompida.

Examinemos brevemente algumas dessas evidências conclusivas, apontadas por diversos estudiosos da Bíblia:

CIRCULAÇÃO:
A Bíblia é o livro mais divulgado de todos os tempos. Nenhum outro livro, em toda a história, foi tão amplamente vendido e distribuído quanto a Bíblia. ela é imbatível! São bilhões de exemplares desde a descoberta da imprensa por Gutenberg, no século XV. não é isso o que esperaria de um livro que afirma ser inspirado por Deus?

ANTIGUIDADE:
A bíblia levou aproximadamente 1600 anos para ser escrita, de 1500a.C. a 100 d.C.

UNIDADE:
Apesar de ter sido escrita por cerca de 40 homens (de variadas classes sociais), sua unidade é tão evidente que só poderia pertencer a um único autor. Seria natural esperar que Moisés (instruído na corte egípcia), Neemias (um copeiro), Salomão (um rei e sábio) e Pedro (um pescador) produzissem livros em estilos totalmente diferentes, sem relação entre si, já que viveram em épocas diferentes e tiveram educação distinta. porém, não foi o que aconteceu. Há uma coerência total entre todos os livros da bíblia. é como se todos eles tivessem estado juntos, reunidos ao escrever sua parte. Isso é incrível.

SOBREVIVÊNCIA:
A sobrevivência da Bíblia já é, por si só, um fator extraordinário e que a destaca de todos os demais livros. é realmente espantoso que a Bíblia tenha chegado aos nosso dias. é um milagre.

Até breve, na quinta semana  escreveremos; Pensamentos errados sobre a Bíblia.

Forte abraço