Google+ Badge

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

NOVA JERUSALÉM, A CIDADE CELESTIAL

O Senhor prometeu preparar um lugar para os Seus. No arrebatamento e na ressurreição da igreja, os santos dessa era são, após o tribunal de Cristo e das bodas, instalados naquele lugar preparado. Eles são acompanhados pelos santos da Antigo Testamento na sua ressurreição da segunda vinda.

Essa morada preparada para a Noiva, em que  os santos do Antigo Testamento se estabelecem como servos Apoc.22.3, desce no ar e fica sobre a terra da Palestina no milênio, durante o qual os santos exercem seu direito de reinar. Esses santos estão em condição eterna, e a cidade goza de glória eterna. no fim do milênio, na renovação da terra, a morada é retirada durante a queima, para se estabelecer após a recriação como a ligação entre o novo céu e a nova terra.

A VIDA NA CIDADE ETERNA

Em nenhum lugar as Escrituras apresentam detalhes da vida no reino eterno de Deus. Às vezes o véu é levantado para  mostrar rapidamente essa vida, da qual a nossa experiência atual com Ele é apenas  "uma prévia da glória divina".

Uma vida de comunhão com Ele
.  - Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face - I Cor.13.12.

Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que havemos de ser. Sabemos  que, quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é - I Jo.3.2

Voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também Jo.14.3
Contemplarão a sua face Apoc.22.4

Uma vida de descanso - Então, ouvi uma voz do céu, dizendo: Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. sim, diz o Espírito, para que descansem das suas fadigas, pois as suas obras os  acompanham. Apoc.14.13

Uma vida de total entendimento - ...agora, conheço em parte; então conhecerei como também sou conhecido I Cor.13.12

Uma vida de santidade - Nela, nunca jamais penetrará coisa alguma contaminada, nem o que pratica abominação e mentira, mas somente os inscritos no livro da vida do Cordeiro Apoc. 21.27.

Uma vida de alegria - E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem prato, nem dor, porque as primeiras coisas passaram Apoc. 21.4

Uma vida de serviço - Numa mais haverá qualquer maldição. Nela estará o trono de Deus e do Cordeiro. Os seus servos o servirão Apoc.22.3

Uma vida de abundancia - Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida Apoc.21.6

Uma vida de glória - Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação. II Cor.4.17
Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória Col.3.4

Uma vida de adoração - Depois destas coisas, ouvi no céu uma como grande voz de numerosa multidão, dizendo: Aleluia! A salvação, e a glória, e o poder são do nosso Deus Apoc 19.1
- Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos; e clamavam em grande voz, dizendo: ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro.. O louvor, e a glória, e a sabedoria, e as ações de graça, e a honra, e o poder, e a força sejam ao nosso Deus, pelos séculos dos séculos. Amém Apoc. 7.9-12.

Nenhum indivíduo redimido jamais poderia entender completamente a glória do futuro que lhe está proposto. João resumiu a glória prevista ao dizer: "Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele I Jo.3:2.

A glória da nossa esperança é que seremos transformados à Sua semelhança, sem pecado, sem morte, experimentando um perfeito desenvolvimento.

Oh, Cristo! Ele é a fonte,
Poço de amor é meu Rei!
Dos rios da terra eu bebi,
Mais fundo no céu beberei.
Ali, como um mar sem limites,
Crescerá seu imenso amor
E a glória estará para sempre
Na terra de nosso Senhor.

Existe o perigo de o redimido ficar tão ocupado com a espera da sua própria experiência de glória, que a glorificação suprema da Trindade se perca. Nossa preocupação com o estado eterno não será com a nossa posição ou glória, mas com o próprio Deus.
João escreveu: "Seremos semelhantes a Ele". Estaremos totalmente ocupados com Aquele "que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados, e nos constituiu reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai" Apoc.1:5-6, "dando louvor o louvor e a honra, e a glória, e o domínio pelos séculos dos séculos" Apoc. 5;13, dizendo "O louvor, e a glória, e a sabedoria, e as ações de graça, e a honra, e o poder, e a força sejam ao nosso Deus, pelos séculos dos séculos. Amém" Apoc. 7.12, pois "Digno é o Cordeiro que foi morto de receber o poder, e riqueza, e sabedoria, e força, e honra, e glória e louvor" Apoc. 5:12.

A noiva não olha suas vestes,
Mas o noivo o seu rosto de amor;
E a glória não brilha aos meus olhos
Mas a graça do Rei Salvador.
Não me atrai a coroa que entrega
Quem por mim sofreu tanta dor,
O Cordeiro será toda a glória
Na terra de nosso Senhor.

Essa cidade não é apenas a morada de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, mas é também a morada da Sua Noiva, a Esposa do Cordeiro Apoc. 21.9
Quando o anjo revelar a glória e a bênção da Noiva, revelará a norada, o lugar da Noiva, com a qual a Noiva se identificará. Essa cidade celestial é prometida como destino da igreja.
-Mas tendes chegado ao monte Sião e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial, e a incontáveis hostes de anjos, e à universal assembléia  e igreja dos primogênitos arrolados nos céus, e a Deus, o Juiz de todos, aos espíritos dos justos aperfeiçoados. Heb. 12;22-23

- Ao vencedor, fa-lo-ei coluna no santuário do meu Deus, e daí jamais sairá; gravarei também sobre ele o nome do meu Deus, o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte  do meu Deus, e o meu novo nome Apoc. 3.12

Sem dúvida esse  é o mesmo lugar que o Senhor tinha em mente quando disse: - "Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. e, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde eu estou estejais vós também" Jo.14.2-3.

Que Deus vos abençoe sempre

Pr. José Lopes de Oliveira
Miss. da JMN/CBB em exercício em Icém/SP
sepol.net@gmail.com